Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Google imagens

Olá pessoal!

Hoje venho mostrar para vocês um caso muito interessante, o Caso Amicizia (amizade em italiano), e que supostamente relata a amizade entre humanos e extraterrestres, leia e tire suas conclusões.

Pois bem, se eu falar para vocês que no ano de 2007, um senhor em seu leito de morte chamou um escritor, e para ele contou uma história, a qual ele não queria que fosse esquecida. Nesta história ele relata que em meados dos anos 1956 ele ganhou um pergaminho, onde havia um mapa com uma marcação, que achou poder ser um antigo tesouro, e juntamente com dois amigos foi explorar o local indicado neste mapa. Depois de procurar por algumas vezes sem encontrar nada, e quase desistindo de tal busca, eles se deparam com algo inimaginável. Nesta última busca, eles encontram em um local muito próximo ao marcado no mapa dois sujeitos, mas esses por sua vez, eram diferentes, tanto entre si, quanto com os demais que ali se encontravam. Eles pareciam humanos, poderiam passar por humanos tranquilamente, se não fosse à altura, um muito baixo, com menos de 1 metro e outro extremamente alto, com quase 3 metros de altura, e como se não bastasse, tais seres os chamaram e eles conversaram, e antes que se perguntem, sim, esses seres falavam italiano perfeitamente. Após se apresentar, como vindo da Confederação de Akrij, que é um “amontoado” de planetas próximos e interligados, disseram que estavam aqui para proteger a Terra, que já estão em nosso planeta há muito tempo, tempo o suficiente para ver se formarem e se auto-destruírem seis civilizações diferentes. E mais, que a civilização anterior a nossa, conhecia muito sobre voo espacial, e que alguns desses terráqueos conseguiram se salvar viajando para outro planeta, antes da devastação que atingiu a toda a civilização daquela era.

Os alienígenas ainda disseram que nesses milhares de anos que estão na Terra se espalharam por todo o planeta, e que em sua maior parte as bases ficavam no subterrâneo, e que algumas de tão grandes tinham uma atmosfera o suficiente para gerar chuva dentro delas. Eles tinham bases espalhadas por todo o mundo, mas que uma das maiores ficava no subterrâneo do Mar Adriático.

Também disseram que não eram os únicos extraterrestres vivendo no planeta, mas que tinham inimigos, chamados de CTRs ou contrários (nome dado pelo homem e não pelos extraterrestres), os quais pensavam de maneira oposta aos Akrij, que agiam tal qual um grupo de exterminadores.

Mais coisas foram ditas, entre elas:

- Que a Terra foi criada para um fim positivo, mas que a humanidade estava transformando tudo em mal;

- que o nível de moral dos humanos era muito inferior ao dos Akrij;

- que devido à baixa moral, essa civilização havia criado armas que podem destruir o planeta em poucos instantes;

- que eles estavam aqui para garantir o equilíbrio e vigiar para nada sair do controle;

- afirmaram que não estavam aqui para conquistar, pois não havia nada a ganhar com isso;

-que as coisas nascem da necessidade e respeito, e que tudo deve ser feito em função disto;

-eles conheciam perfeitamente a história e as filosofias, incluindo as religiões terrestres;

- e que eles não se mostravam, pois acreditavam que a humanidade ainda não estava pronta para isso, mas que esperavam um retorno positivo dessa atividade, e assim ajudar em nosso processo evolutivo.

Entre outras coisas os seres tinham tecnologias fora de nossa compreensão, eles tinham um dispositivo, que usavam para abrir as bases no subterrâneo, que compactava a terra do subsolo, abrindo assim galerias e o subsolo compactado virava parede, piso e teto das bases, e que com um simples apertar de um botão a base simplesmente sumia e o solo compactado voltava a seu estado normal. Outra tecnologia que eles usavam era a materialização de pequenas coisas, como que em um teletransporte, às vezes os humanos que os conheciam estavam longe dos seres, e do nada surgiam bilhetes ou outras coisas, enviadas pelos seres.

Pois bem, tudo isso parece uma história de um livro de fantasia, ou quem sabe de um filme de sessão da tarde, mas o fato é que, apesar de tudo, não foi possível refutar o caso, pois existem muitas provas que foram muito estudadas e que mesmo assim continuam sem explicação, fazendo este um dos casos mais bem documentados da ufologia. Vamos aos fatos.

Em 2007, foi lançado o livro “Contattismi di Massa”, onde o autor Stefano Breccia revelou o caso amicizia ao mundo. A história do livro foi passada para Stefano por Bruno Sammaciccia, que foi uma espécie de líder de um grupo de cerca de 200 humanos que tiveram contato com esses extraterrestres que viviam no subsolo da Itália. E diferente do que você possa estar imaginando, não era uma turma de loucos, de bêbados ou de desequilibrados, mas sim de membros proeminentes da sociedade italiana da época, havia desde escritores, políticos, artistas, empresário, a até professores.

Bruno, além de não deixar a história morrer, queria que outras pessoas que também tiveram contato a época, viessem à tona para confirmar a história, e isso não demorou a acontecer, Gaspare de Lama e sua esposa, resolveram contar suas experiências e revelar seus arquivos do caso. Quase que na totalidade, os arquivos deste caso vêm de Bruno e de Gaspare, entre o material apresentado estão fotos e vídeos das naves, gravação de voz de um alienígena e uma foto nítida de um dos alienígenas.

Gaspare conta que estava cético sobre o que estava acontecendo, e então os Akrij pediram para ele escolher um local, dia e hora que assim eles estariam lá e deixariam que ele fotografasse e filmasse. As fotos a seguir foram feitas por ele, no local por ele escolhido.

Figura 1 imagem retirada do assombrado.com.br

Figura 2imagem retirada do assombrado.com.br

Figura 3 imagem retirada do assombrado.com.br


Figura 4 imagem retirada do assombrado.com.br


Figura 5 imagem retirada do assombrado.com.br


Figura 6 retirada do assombrado.com.br

Estas fotos foram tiradas por Gaspare, e os Akrij explicaram para ele que no topo da nave, se vê uma parte escura, como uma ponta e que aquilo era como um efeito especial de condensação causado pela energia da nave, na última foto, que foi a última tirada naquele dia, o ovni seguia o carro onde ele estava, e desta vez, perceba que não existe o efeito da condensação (figura 6). Tais fotos foram analisadas, e não foram encontradas alterações, ou montagens.

A foto que vou mostrar agora pode ser uma das mais importantes da história, pois seria a primeira foto de um extraterrestre. Podemos ver que, ao que parece, são idênticos aos seres humanos, e tirando a perspectiva que dá a impressão de que esse sujeito realmente seja alto, não vemos nada de anormal na foto. Mas o intrigante é que esta foto rola na mídia e na internet há muitos anos, e nunca ninguém apareceu para contestar a foto, dizendo que conhece esse sujeito, ou mesmo ser o sujeito da foto.


Figura 7 retirada do assombrado.com.br
A baixo uma foto comparando a altura do homem da foto com homem de estatura normal.




O fim da amicizia

Conforme Bruno, dois motivos levaram ao fim desta “amizade” entre humanos e os Akrij. 

Primeiro, o combustível deles estava acabando, já não podiam mais usar muitos de seus instrumentos tecnológicos por causa desta falta de combustível. Combustível este que eles chamavam de Uredda. 

O segundo motivo foi que os Akrij acabaram perdendo a guerra que travavam com os CTRs, e por conta disto tiveram que deixar suas bases na Itália. Isso ocorreu em 1978. O interessante é que no ano de 1978 é o ano com mais casos de avistamento de ovnis em toda a Itália central, e também inúmeras histórias surgem referentes a globos luminosos que emergem do Mar Adriático, deixando alarmados pescadores e a própria guarda costeira. 

Para Bruno, ainda devem existir outras bases de Akrijs espalhadas pelo mundo.

Considerações do autor

Eu achei a história interessante, mas como já falei, parece uma trama de algum filme de sessão da tarde, e reforço isso por vários pontos, incluindo os seguintes:

- porque somente apareceu em 2007 com o livro uma história testemunhada por mais de 200 pessoas?
- Porque existiria um mapa indicando o local onde os extraterrestres estavam?
- Se ele não queria que esta história se perdesse com o tempo, porque ele não a divulgou antes? Porque esperar o leito de morte para passar adiante algo assim?
- o Uredda... o combustível deles, o Uredda, não é um combustível parecido com os que conhecemos hoje, mas algo muito mais... me faltam palavras para descrever, pois não quero parecer ridículo, mas tá, não tem jeito... a “tradução” de Uredda é Força do amor... Toda tecnologia deles era movida pela força que flui do amor... Eles falavam estar a milênios na Terra e viram no mínimo cinco civilizações serem dizimadas, e em 1978 é que acabou a força do amor?

Como já disse, achei a história interessante, mas tem fatos que a meu ver, são muito fantasiosos. Eu sei que existem outras testemunhas, sei que as fotos e vídeos não são montagens, mas não acho isso o suficiente para validar o caso. Ufólogos dizem que este é um caso ainda em aberto, e você o que acha?

Escrito por: Mario Resmin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]