Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

[ATENÇÃO: a matéria a seguir contém conteúdo e imagens impróprias para menores de 18 anos. Esteja consciente que qualquer dano ou desconforto causado pelos anexos é de total responsabilidade do leitor.

Ler é maravilhoso, mas a consciência de consequências é melhor ainda]


Olá pessoal, tudo bem?

Hoje eu trago para vocês um caso que me deixou muito curioso devido a sua bizarrice. Por conta disto, já deixo aqui um aviso, caso você seja impressionável, é melhor nem continuar a leitura, e muito menos ver a imagem que vou deixar no final do texto. Sem mais enrolação vamos ao caso.

***

Cidade de Santa Isabel, interior de São Paulo, 1999.

Uma mulher está em sua casa após seu marido sair para o trabalho, na casa além dela estão a sua filha de dez anos, e sua sogra, muito doente. São aproximadamente oito horas da manhã, ele está sonolenta, pois na noite anterior, dormira muito mal, pois cães faziam muito barulho, parecia que todos os cães da rua resolveram tirar aquela noite para latir a noite toda. Pois bem, como de costume, tomou seu café, e foi levar uma xícara de leite e os remédios da manhã para a sua sogra. Ao tocar na sua sogra percebeu que a mesma havia falecido, aquilo não chegou a ser uma surpresa, pois os médicos já haviam dito que isso logo aconteceria, mas mesmo assim, a mulher se sentiu estranha, foi até o quarto de sua filha, a acordou, e saíram de casa, a trancando, pois iria até a venda de seu Paulão, a poucos metros de sua casa, onde havia um telefone publico para ligar para seu marido e avisa-lo do falecimento, e já o esperaria por lá, pois não queria ficar dentro de casa com o corpo de sua sogra.

Fez a ligação, e entrou no comercio de seu Paulão, um mini-mercado típico de interior, e lá dentro se juntou a conversa, pois falavam da noite anterior, onde ninguém havia conseguido dormir, por conta dos barulhos dos cães, e no caso de alguns moradores de lá, de gansos, sim, criadores de gansos, disseram que o animais também mostraram um comportamento estranho naquela noite. Se passando mais ou menos 40 minutos de conversa ali, o marido dela chega e os três vão para casa, o marido abre a casa e entra primeiro, ela a principio não entra e segura sua filha, pois acha desnecessário que ela veja sua avó morta na cama, mas então ela ouve um grito de seu marido, estranha, pois já havia comunicado que a mãe dele havia falecido, então pede para a menina ficar na rua e entra na casa, e antes de chegar ao quarto ela vê seu marido passar segurando o rosto, tentando evitar de vomitar no chão,e correndo em direção ao banheiro. 

Ela entra no quarto e o que vê nunca sairá de sua memória. Sua sogra estava deitada na cama da mesma maneira que ela havia visto a menos de uma hora antes, mas desta vez ela estava sem o rosto. A cena é bizarra, o rosto de sua sogra havia sido retirado. Não tinha pele e nem músculos no rosto, apenas ossos, e não somente o rosto sumiu, mas também os globos oculares, a cartilagem do nariz e a língua também haviam desaparecido, sendo que os cabelos e couro cabeludo estavam ali, aparentemente intactos... o local estava exatamente igual, sem uma sujeira de algum fluido que a retirada daqueles tecidos poderia causar, não havia sangue, mesmo que coagulado, não haviam marcas de nada que pudesse ter feito tal atrocidade.

A policia foi chamada, e eles muito investigaram, buscaram pela casa e ao arredores pelo rosto da
senhora, mas nada foi encontrado. E não chegaram a uma resposta, começaram com a hipótese de algum animal ter feito aquilo, mas logo caiu essa tese, pois os cortes de tecidos tinha precisão cirúrgica, e quem poderia querer fazer isso? Com qual finalidade? E estas respostas ainda não apareceram. Por ser a única pessoa que teve contato com aquela senhora no dia do ocorrido, a mulher começou a ser investigada e foi considerada como a única suspeita de ter praticado aquele ato, e esse fato fez com que ela e seu marido se separassem, mas após dois anos reataram e voltaram a vida de casados, e depois disto a família, resolveu não falar mais nada sobre o caso. O corpo desta senhora foi enterrado no cemitério como indigente, e se perderam os registros de onde o corpo foi enterrado.


ATENÇÃO IMAGENS FORTES!!!!!!








Fonte: Arquivo Paulo Anibal

Escrito por: Mário Resmin
De: Não Entre Aqui

2 comentários:

Bottom Ad [Post Page]