Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]


Em parceria com Horror em Dobro, estaremos divulgando um projeto feito pelo pessoal da faculdade de Pelotas - RS (UFPEL). 


SOBRE O FILME

O filme é uma ficção do gênero fantástico que se estabelece, com uma atmosfera de horror, trazendo elementos de suspense e fantasia além de se apoiar em um misticismo através de rituais e atitudes peculiares para discutir temas atuais da sociedade e principalmente na esfera da comunidade LGBT+ que pretende trazer à tona alguns temas como sexualidade e discutir as formas de controle sobre o indivíduo. Além disso, existe um olhar do viés pós-humano, em que a sociedade se vê cada vez mais ligada ao não-orgânico, cada vez mais dependente de dispositivos eletrônicos e tecnologias para se relacionar.

Traremos para as telas a representatividade LGBT+ através do protagonista Théo, retratando suas aflições e evidenciando a transição do personagem para sua nova realidade, abordando as relações humanas (e pós-humanas) e questionando essa dita realidade em que vivemos, passando desde nossas conexões cotidianas à preconceitos, julgamentos e rotulações que permeiam nossa sociedade. O foco da trama está na relação de Théo com seus tios ao se mudar para o interior do Rio Grande do Sul para estudar artes visuais em uma universidade pública. Torna-se mais evidente o conflito de geração e a falsa moral empregada pela família de Théo conforme estes personagens se desenvolvem e se relacionam.

O curta-metragem almeja retratar este domínio sobre o indivíduo que está em formação, fazendo com que o personagem tome decisões, que para seus tios (representando nossa sociedade), são as únicas corretas.


TEMA LGBT+ (Cartaz de divulgação, total responsabilidade da UFPEL)

Em uma primeira camada, o filme trabalha com a questão de sexualidade, mostrando os tios de Théo como uma família tradicional conservadora que, embora pareça mais liberal em um primeiro momento, revela-se controladora, tentando encaixar o protagonista em rótulos, assim como a sociedade atual age.

TEMA PÓS-HUMANO

Existe ainda uma segunda temática explorada no roteiro, em um plano de fundo trazendo a interação pós-humana. Théo e outros personagens interagem com tecnologias tais como realidade virtual e personagens em 3D. Além disso, a tecnologia é bastante presente no filme como uma forma de controle.


PEDRO TAVARES FILHO: Roteiro, Co-Direção e Co-Produção É roteirista, diretor, produtor e montador. Aluno de Cinema e Audiovisual da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Já trabalhou como roteirista e diretor no curta-metragem “Asas de um Anjo Soltas pelo Chão” (2018), atualmente rodando mostras e festivais pelo Brasil, e como diretor e montador no “Televisão” (em pós-produção).

Achou legal? Então é só você clicar nesse link Entranhas e apoie muito esse filme!



Escrito Por : Horror em Dobro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]